Sebrae, entidade parceira do Instituto Gene, lança Programa Capital Empreendedor

Sebrae, entidade parceira do Instituto Gene, lança Programa Capital Empreendedor

O Sebrae, entidade parceria da Incubadora de empresas do Instituto Gene, lança no dia 11 de maio, de forma virtual e com transmissão ao vivo e gratuita, o Programa Capital Empreendedor 2021. O programa tem como objetivo preparar e educar empreendedores e sócios fundadores de startups inovadoras no âmbito dos investimentos de risco. Neste ciclo, as ações estão divididas em diversas etapas, sendo o lançamento, workshops de empreendedores, oficina de pitch, mentorias e circuitos de investimentos.

Em toda as etapas a ideia é permitir que os participantes entendam a dinâmica do investimento de risco, busquem ampliar seu networking, identifiquem o modelo de investimento mais adequado para o momento de sua startup, se aproximem e tentem negociar com investidores de todos os estágios do capital. As inscrições para o lançamento estão abertas e podem ser feitas neste link https://www.capitalempreendedor2021.com.br

O evento de lançamento contará com a participação do presidente do Sebrae, Carlos Melles, e do gerente de Capitalização e Serviços do Sebrae, Márcio Augusto. Na sequência, a CEO da startup Lilu Serviços Pet, Aline Lefol, vai contar como foi a sua experiência com o Capital Empreendedor e como o programa alavancou os números da empresa. Em seguida, investidores convidados vão bater um papo sobre as expectativas para o investimento Early stage em startups, com a moderação da analista de Capitalização e Serviços Financeiros do Sebrae Maria Auxiliadora. Neste painel estarão presentes os seguintes investidores: Franco Pontillo, da Domo Invest; João Kepler, da Bossa Nova Investimentos; Orlando Cintra, da BR Angels e Pedro Carneiro, da Ace.

O Programa

De acordo com o Sebrae, a iniciativa – que já teve três edições – já capacitou 500 empresas em todo o país a se aproximarem e negociarem com investidores. Deste total, 84 startups de 16 estados, receberam investimentos que somam R$ 52,9 milhões.

Em Santa Catarina, de acordo com informações repassadas pelo gerente regional Donizete Böger, já foram 115 empresas selecionadas. “Esta é uma oportunidade para startups da região acessarem novos recursos. Ou seja, é um programa que coloca frente a frente as startups com investidores tornando-se uma chance de poder escalar sua empresa, seus produtos e trazendo desenvolvimento para a região”, diz Donizete. Ele destaca também que “quanto mais empresas inscritas, mais chances a região vai ter de captar recursos estimulando o desenvolvimento da região”, pontua.

O que o Programa ensina

- a entender a lógica do investimento de risco, conhecimento os principais processos e critérios de decisão dos investidores de risco para estar preparado para se relacionar com eles;
- a identificar o investidor e a proposta de investimento que mais agrega valor ao negócio e melhor se adequa ao momento da empresa;
- a se aproximar dos investidores cuja tese de investimento estejam alinhadas com o propósito da empresa.

Informações e inscrições: www.capitalempreendedor2021.com.br