Programa Centelha destina R$ 1,6 milhão para ideias inovadoras em SC

Programa Centelha destina R$ 1,6 milhão para ideias inovadoras em SC

Edital da Fapesc visa estimular o empreendedorismo no estado; Inscrições vão até 29 de agosto

Estão abertas as inscrições para o Centelha SC, programa desenvolvido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). A iniciativa busca estimular a criação de empreendimentos inovadores e disseminar a cultura empreendedora no estado. 

As ideias selecionadas receberão até R$ 60 mil em subvenção econômica, capacitações online e suporte para o desenvolvimento do negócio. O Instituto Gene é parceiro do programa e apoia iniciativa na região de Blumenau. 

As inscrições das ideias vão até 28 de agosto e devem ser realizadas até o por meio do site do programa, CLICANDO AQUI, onde também é possível obter mais informações e baixar o edital de chamada pública.

Como funciona a seleção 

Na primeira fase, os interessados inscrevem suas ideias de negócio e a equipe de trabalho no site do Centelha. Passam para a fase seguinte até 200 propostas. A partir daí, os selecionados elaboraram um plano de negócios detalhado, com o intuito de demonstrar as possibilidades da ideia gerar um bom negócio.

A terceira fase – pela qual passam até 100 das propostas – consiste no desenvolvimento de um projeto de fomento, com apresentação detalhada do orçamento e do planejamento de execução do projeto. Ao longo de todas as etapas são oferecidas capacitações para auxiliar o empreendedor a aprimorar sua ideia e desenvolver seu negócio.

Ao final, 28 projetos serão contemplados, cada um com até R$ 60 mil em subvenção econômica, além de outros benefícios oferecidos por parceiros do programa. Ainda, durante seis meses, essas empresas passarão por um processo de pré-incubação com suporte e capacitação para transformar suas ideias em negócios de sucesso.

Sobre o Programa Centelha
O Programa Centelha é promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), operado pela Fundação CERTI. Em Santa Catarina é executado pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (FAPESC).

Imagem: www.programacentelha.com.br/ 

Perguntas frequentes

Quem pode submeter ideias no Programa Centelha?
As propostas ao Programa Centelha poderão ser submetidas por:

Pessoa física (coordenador do projeto) que, se aprovada, deverá constituir uma Microempresa ou Empresa de Pequeno Porte (MEEPP) com sede em Santa Catarina para contratação e recebimento dos recursos financeiros não reembolsáveis, na forma de subvenção econômica; ou

Pessoa física (coordenador do projeto) que possua vínculo como proprietário ou sócio proprietário de Microempresa ou Empresa de Pequeno Porte (MEEPP), sediada no Estado de Santa Catarina, com data de constituição em até 12 (doze) meses anteriores à data de publicação do edital.

Posso submeter mais de uma ideia?
Sim, não há limitações quanto ao número de ideias submetidas para o Programa Centelha, mas apenas aquela com maior pontuação passará para a próxima fase.

Preciso ter uma empresa para participar?
Não é necessário ter uma empresa constituída para propor uma ideia. A constituição da empresa, no entanto, será necessária apenas após a terceira fase do programa (fase do projeto de fomento) caso a ideia seja aprovada nas etapas anteriores.

Já tenho uma empresa constituída, posso participar?
Podem participar Microempresas ou Empresas de Pequeno Porte (MEEPP), com data de constituição de até 12 (doze) meses anteriores à data de lançamento do edital, que atendam às condições nele exigidas.

Como as ideias serão avaliadas?
Cada ideia será avaliada por dois especialistas, com formação e experiência em uma ou mais áreas temáticas do programa, homologados pelo Comitê Gestor e seguirão os critérios estabelecidos no edital.

Para dúvidas eventuais, entre em contato com a Fapesc, CLICANDO AQUI. 

Fonte: programacentelha.com.br/sc