Instituto Gene e Fábrica de Negócios participam do Atelier Vertical

Instituto Gene e Fábrica de Negócios participam do Atelier Vertical

Atividade faz parte de um projeto de extensão da Furb e quer revitalizar a área de convivência

A ideia é revitalizar a área de convivência – espaço compartilhado pelo Instituto Gene e pela Fábrica de Negócios. E o projeto Atelier Vertical, do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Furb, chegou na hora certa. A ideia de revitalização foi uma das 10 selecionadas para o Atelier deste ano.

O projeto começou na segunda-feira, dia 16 de abril, com a visita do grupo de alunos ao local. Na sexta-feira, dia 20 de abril, os projetos finais com as demandas resolvidas serão apresentados oficialmente ao grupo de professores e aos demais participantes do Atelier.

“Nossa parceria entre Instituto Gene e Fábrica de Negócios está pautada na Tríplice Hélice, ou seja, governo, iniciativa privada e academia de ensino. Nesta parceria faltava a terceira hélice, assim, com o projeto do Aletier Vertical, conseguimos trazer para mais perto a comunidade acadêmica, para compor o ecossistema inovador e empreendedor de Blumenau”, diz o CEO da Fábrica, Rodrigo Peter Schilling.

A ideia da revitalização é tornar a área de convivência comum em um espaço voltado para o público empreendedor, dando vida e movimento, no lugar das britas do estacionamento. “Disponibilizamos o espaço externo em frente ao Instituto Gene e Fábrica de Negócios para que eles usem e abusem da criatividade, principalmente, quebrando as barreiras físicas que temos hoje, a exemplo de grades, muros, correntes e cancelas”, disse Schilling.

“Esta parceria com a Fábrica de Negócios une ainda mais o ecossistema de inovação e torna a área de convivência um ambiente mais acolhedor”, comentou o diretor executivo do Gene, Fabiano Odebrecht.

Atelier Vertical
O projeto é uma atividade curricular do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Furb sob a coordenação do professor Christian Krambeck e da professora Fernanda Ikert. A ideia conectar as pessoas e suas realidades, buscando ideias para melhorá-las, projetando soluções e pensando de forma estratégica.

Nesta sexta edição do evento estão envolvidos cerca de 200 alunos, 25 professores e 20 representantes diretos da comunidade participando junto, além das mais de 800 pessoas impactadas indiretamente a partir de cada projeto e local da comunidade.